Categorias
Psicologia

O que é Ansiedade e saiba mais sobre esse transtorno psiquiátrico

Fique atento a intensidade de sinais, a ansiedade é um problema de saúde e requer acompanhamento de um profissional

Ansiedade é um estado psíquico de apreensão ou medo provocado pela antecipação de uma situação desagradável ou perigosa. O quadro de ansiedade vem acompanhado por sintomas de tensão, em que o foco de perigo antecipado pode ser interno ou externo.

Ataques de pânico, dores de cabeça, falta de ar, são alguns dos sinais apresentados por pessoas que sofrem de ansiedade. 

Reações contínuas de medo, angústia, preocupação, pânico, fobia, quando agravadas no dia a dia é sinal da doença. 

Além do transtorno de ansiedade generalizada (TAG), existe também o transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e estresse pós-traumático.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil apresenta o maior número de pessoas com ansiedade, cerca de 9,3% da população sofre com o problema. Os dados mostram que os casos da doença são mais presentes em mulheres do que em homens. 

Confira os principais tipos da doença

  • Ansiedade generalizada: preocupação diária, dores musculares, cefaleias e problemas gastrointestinais são comuns;
  • Fobia social: medo ao estar em ambientes sociais, timidez excessiva;
  • Fobias específicas: medo exagerado por objetos, animais, personagens, lugares;
  • Pânico: crises que dão a sensação de que algo pior irá acontecer, como morrer, enlouquecer ou perder o controle;
  • Agorafobia: medo de aglomerações, ou situações que dificultem pedir ajuda a alguém;
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC): compulsão em realizar atividades várias vezes, sensação de que se não fizer, algo de ruim poderá acontecer;
  • Transtorno de estresse pós-traumático: acontece após um episódio traumático, pode surgir sintomas físicos, angústia e ansiedade; 

Veja os principais sintomas 

Os sintomas da doença pode ser reconhecido quando não há motivos suficientes para a pessoa se sentir tão angustiada ao ponto de ter sua rotina mudada. A ansiedade se caracteriza pela preocupação e expectativa excessiva.

Os sintomas podem ser mentais e físicos, são eles:

  • Nervosismo;
  • Pânico;
  • Tonturas;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Falta de concentração;
  • Medo excessivo;
  • Descontrole de pensamentos;
  • Preocupação constante;
  • Dificuldades para dormir;
  • Irritabilidade e agitação;
  • Dor no peito;
  • Respiração ofegante;
  • Cansaço e fraqueza;
  • Tremor e sudorese;
  • Náuseas;
  • Diarréia;
  • Tensão muscular;

Além disso, as pessoas com transtornos de ansiedade esquivam-se de viver certos momentos, passando a viver de forma restrita para não aumentar o sintoma. A ansiedade atinge a vida das pessoas, desencadeando problemas como não sair de casa sozinho, não participar de encontros com a família e amigos, ficar preocupado com tudo, sentir medo frequentemente, entre outras questões.

Conheça os principais fatores de risco

Na maioria das vezes a pessoa já possui a doença, podendo ser genético ou hereditário. Outro fator recorrente para pessoa que sofre com o problema, são os traumas de infância, quando a criança passa por uma acontecimento que marcou sua vida, desde a separação de seus pais, ou abuso infantil, podendo desenvolver mais tarde algum tipo de transtorno.

Como já foi citado acima, a ansiedade é mais presentes em mulheres, questões hormonais, como a menopausa, e situações que causam estresse estão entre os maiores responsáveis do problema. 

O uso de substâncias como drogas, álcool e nicotina também influencia no surgimento da doença e pode ser agravado em pessoas que já possui tendência a desenvolver o transtorno.

Como tratar a ansiedade?

No caso de ansiedade é essencial o acompanhamento de um psicólogo que avaliará os sintomas da doença por meio de diferentes formas de tratamento, o especialista analisa o caso, identifica os sinais e combate às complicações que a doença pode causar. 

Não há exames precisos que possam confirmar a doença, mas, os pacientes apresentam sintomas como falta de ar e taquicardia, então o médico solicita outros exames para possíveis doenças desenvolvidas com o transtorno.

Algumas pessoas podem desenvolver casos mais graves, então o médico indica a ajuda de um psiquiatra, para receitar medicamentos que ajudem no tratamento.

Mudanças devem ser feita no estilo de vida do paciente para melhorar sua qualidade de vida e bem-estar, isso inclui a prática de atividades físicas, uma dieta saudável e balanceada, momentos de lazer com familiares e amigos, contatos sociais, entre outros.

Uma ferramenta que tem tido muito sucesso no tratamento de ansiedade é a hipnoterapia. Saiba mais sobre tratamento de ansiedade Manaus